domingo, 18 de julho de 2010

ENERGETICO SEXUAL NATURAL



















http://www.energeticosexual.com.br/

KANNJIN - ENERGÉTICO SEXUAL NATURAL

KANNJIN é composto 100% de concentrado de ervas naturais.

KANNJIN é um poderoso energético sexual - O efeito começa agir em 40 minutos. De 40 minutos até 6 horas o efeito é 100%, de 6 até 12 horas o efeito será 60%. Só consumir o Kannjin se for realmente ter relação sexual nas próximas 12 horas.

Todo produto para esse fim, não é aconselhável para quem é cardíaco ou portador de marca-passo.

Não consumir meia dose, ou mais de uma dose. Consumir apenas uma dose por dia. Se houver abuso de álcool ou nicotina o efeito poderá ser reduzido. Durante a fase do efeito o órgão sexual permanecerá normal, o efeito só será sentido, caso o mesmo seja estimulado ou vivenciar uma situação erótica.

Por ser um produto 100% natural não há contra indicações ou efeito colateral.

Origem:

Planta de cultura indígena do estado de Amazonas.

Derivado de plantas medicinais e suas partes pulverizadas da flora brasileira - sabedoria popular e indígena.

Composição:

Genípapo, Carobinha do Mato, Caninha do Brejo, Marapuama, Canela, Bicarbonato de Sódio e por fim a Raiz de Kannjin;

Todos os produtos são desidratados, triturados, levemente torrados e moídos.

Agente principal e ativo: cipó de kannjin.

Indicação:

Para os homens em caso de disfunção erétil e ejaculação precoce.

Para as mulheres, ativa e renova os hormônios, aumentando a libido sexual, deixa a mulher mais sensível, mais receptiva e quente.

Informações gerais:

Embalagem em sache - cada sache é uma dose única.

Um alto grau de higiene é utilizado na fabricação deste produto.

Kannjin é sua garantia de não falhar e melhorar seu desempenho sexual.

Modo de usar:

Dissolver o conteúdo do sache em água ou suco. Kannjin não deve ser

ingerido com leite.

Tomar via oral, ao dissolver tomar todo o conteúdo de uma só vez de imediato. Kannjin é a sua garantia de não falhar e aumentar o desempenho sexual.

Livre de registro determinado pelo Ministério da Saúde.

Produto liberado pela Anvisa

Resolução 048/04